COMO LIMPAR AS PEÇAS DO FOGÃO: PEÇAS ENFERRUJADAS OU DERRETIDAS?

O que está acontecendo com as “bocas” do seu fogão? Se você tem estas dúvidas:Boca fogao 1

  • Peças enferrujadas, furadas, com bolhas ou derretidas?

  • Chamas irregulares e/ou preteando as panelas?

Será que o pessoal da sua casa sabe mesmo limpar os aparelhos domésticos? Será que os vícios antigos não estão ajudando a justamente fazer o contrário: DANIFICÁ-LOS?

Calma, nós temos a solução! Basta trocar as peças por novas disponíveis na CASA DOS FOGÕES e seguir regras bem básicas para evitar novos problemas, porque provavelmente houve erro no manuseio.

Sim, é quase unânime que a forma com que as pessoas limpam os eletrodomésticos e eletroeletrônicos, tanto na residência ou no trabalho, estão prejudicando cada vez mais a situação das peças dos fogões, fornos, coifas, entre outros.

Isso acontece porque a pressa, a desinformação, a falta de leitura do Manual de Instruções (lembre-se: seu amigo), bem como as propagandas pouco explicativas de produtos abrasivos podem ajudar – e muito – a danificar de maneira irreversível as peças dos seus aparelhos.

Você NÃO pode:

  1. NÃO LAVAR AS PEÇAS QUENTES: esperar ESFRIAR totalmente as peças e panelas antes de lavar, nada de morno ou quente, o perigo está no choque térmico;
  2. NÃO deixar mal encaixadas as peças (pode dar choque térmico, vazamento de gás, descoloração das peças)
  3. NÃO lavar com produtos abrasivos (Veja, Qboa, sapólio, soda, “Limpa isso ou Limpa Aquilo” etc.);
  4. Cuidar da VALIDADE das mangueiras e válvulas/registros/reguladores do gás (5 anos no máximo);
  5. NÃO guardar comida dentro dos fornos (pode enferrujar as peças);
  6. MANUTENÇÃO periódica nos aparelhos (chamar um técnico especializado e experiente);
  7. NÃO utilizar conexões tipo “T”, extensões ou emendas. Recomendável somente filtro de linha (régua com fusível). Informações AQUI.
DICA 1

A peça é nova ou não está danificada ainda? Lave com detergente/sabão neutro e esponja normal. JAMAIS caia na ideia de usar vinagre, produtos químicos, “limpa coisas”, esquentar as peças, lavar quente ou deixar de molho! Não se iluda!!! Veja as recomendações das fabricantes (Manual de Instruções), nada de “achismos”, é pura Física e Química:

  • Somente na parte PRATEADA (alumínio) você poderá usar o lado verde/áspero da espoja. Após secar a peça prateada, você pode passar um “bombril” (palha de aço fina) SECA E NOVA para dar brilho como se fosse nova;
  • As peças PRETAS (ferro e esmalte) devem apenas usar o lado macio da esponja (amarelo) ou um paninho com álcool.
DICA 2

As peças danificaram de vez? Compre novas ou você correrá o risco de causar acidentes por vazamento de gás nas deformidades. Veja abaixo como proceder:

 

Suas peças já estão danificadas? O que fazer?

Grave a marca e modelo do seu fogão, coifa ou forno e leve as peças danificas (e o conjunto delas, se for o caso) em nossa loja e troque imediatamente, evite que o dano continue para que não cause nenhum acidente, já que mexer com gás é sempre perigoso e requer informações técnicas especializadas para isso.

Lembre-se: evite técnicos de rua ou zeladores ou conhecidos que tentem mexer em seus aparelhos, chame sempre um técnico experiente e especializado para que faça o atendimento com total GARANTIA e SEGURANÇA dentro da sua casa, com a sua família dentro! Toda segurança é pouco, já que qualquer deslize pode causar sérios acidentes, que são pouco divulgados, mas que ocorrem diariamente.

Concluímos que, por unanimidade, as peças do fogão danificam por ERRO em sua limpeza ou manuseio. Caso contrário, danificarão por tempo de uso ou excesso de umidade no local. Afinal, todas as peças são de metal com pintura esmaltada ou fundidos: altamente resistentes. O maior perigo é o choque térmico e uso inadequado das peças. Sempre leia o Manual de Instruções e oriente todos da sua casa/trabalho, ou você terá dores de cabeça de tanto trocar peças, pois não há outro jeito: errou, pagou pelo erro!

Recomendações do Manual de Instruções e engenheiros, bem como químicos e físicos (isso a gente aprende até na aula de 2º grau e pré-vestibular), JAMAIS se deve lavar as peças quentes em água normal ou fria, por causa do choque de temperatura (o famoso CHOQUE TÉRMICO, que é um vilão para as panelas e peças do fogão), pois a temperatura ambiente ou da própria água sempre será muito diferente das peças ainda quentes. Isso, porque o metal trabalha e é bom condutor (ferro e esmalte no espalhador, e liga metálica com alumínio no difusor).

Assim como qualquer pessoa que more pelo menos 100km perto do mar, sabe que o SAL + ÁGUA = mistura VENENOSA para metais, especialmente o ferro, fazendo-o oxidar e enferrujar mais rapidamente, como se a ferrugem fosse um câncer e não parasse de evoluir.

Depois do PRIMEIRO choque térmico, a peça metálica de ferro começa a enferrujar e soltar o esmalte (no caso dos espalhadores e trempes/rades), já as peças de liga metálica com alumínio começam a embolotar (ficar com pequenas bolhas) ou até mesmo deformar, como se estivessem derretendo! Posto que o alumínio é “menos duro” do que o ferro e a mistura de metais podem sofrer grandes variações químicas e físicas em choque de temperatura, assim como em contato com produtos abrasivos (cloros, saponáceos, alvejantes em geral, até soda caustica já vimos).

Sendo assim, NADA de lavar a peça enquanto ela estiver quente, nem botar a panela quente em superfície molhada ou fria (use sempre descanso de panela, até em cima da pia), assim como JAMAIS lavar com sal, vinagre ou qualquer outra coisa, pois a SÃO OS MAIORES VILÕES CONTRA PEÇAS DE METAL, atuando como potentes corrosivos.

Caso a residência não possua rede de aterramento, procurar uma pessoa especializada para providenciá-la. Utilizar sempre produtos normalizados e certificados pelo INMETRO.

Esperamos ter ajudado! Para tirar mais dúvidas procuramos orientar os consumidores e interessados no assunto, coletando cotidianamente novas informações baseadas em estudos, experiências diárias e também informações dos fabricantes. Trabalhamos com mais de 50 marcas, sendo 30 delas como autorizada e vemos esse manuseio equivocado diariamente.
Sendo assim, se deu certo uma ou outra vez que alguém fez esses experimentos deste post, pode ser bom (temporariamente). O problema é que a peça com certeza irá danificar de alguma forma (a curto ou longo prazo). O esmalte, por exemplo, jamais poderá ser recuperado após “craquelar” com o choque térmico (já que o ferro tem dilatação diferente dele). Portanto, recomenda-se TROCAR as peças por novas após ver a deformação das mesmas.

Por isso, a CASA DOS FOGÕES é a empresa mais antiga do mercado da Grande Florianópolis e atende várias marcas e mantém seus clientes atualizados.

 

PARA COMPRAR AS PEÇAS: Leve as peças danificadas, anote a marca e o modelo do seu fogão/forno e visite nossa loja no novo prédio rosa, no Centro de Florianópolis (SC). Também podemos enviar as peças (bater foto das peças, marca, modelo, seus dados, endereço completo com CEP e enviar mensagem para FALE CONOSCO ou NO FINAL DESTA PÁGINA).

 Em “Fale Conosco”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.